29/03/2013

As notícias dos mangás da semana 22-29/03/2012 (Parte 1)


E para compensar o número de notícias de mangás da semana passada:

JBC Relançará Love-Hina e Death Note

Nem só de lançamentos a JBC pretende fazer o ano de 2013. Depois de Sakura Card Captor e Rurouni Kenshin, Love-Hina e Death Note – verdadeiros campeões quando assunto é mangá esgotado – voltam este ano em novos formatos.

love hina e death note - visite pandatoryu
Love-Hina foi publicado pela primeira vez no Brasil em 2002 no hoje odiado formato meio-tanko. Rendeu 28 edições e agora terá 14, como no original, com direito a papel offset. Nada foi comentado a respeito de páginas coloridas no relançamento até agora.

Já Death Note virá em formato de luxo, a famosa Black Edition que compila dois tankos, aproximadamente 400 páginas, em cada volume. Será um lançamento para livrarias, então é melhor que os interessados preparem os bolsos.

Não foi dito que o papel utilizado seria o offset, e sim um papel “bacana”, porém, as páginas coloridas estão garantidas. A obra terá no total seis volumes no novo formato.

Lembrando que o “Black Edition” não é um formato japonês, é na verdade uma invenção ocidental da Viz que pegou por aí. Por causa disso não tem nenhuma rerevisão, páginas recoloridas ou todos os mimos que um kanzenban japonês apresenta.

A JBC ainda não informou qual a periodicidade dos relançamentos, muito menos a data de lançamento deles. O preço também permanece um mistério, mas essas informações devem ser divulgadas em breve.




JBC Cancela Futari H


A JBC divulgou hoje, através do seu canal no Youtube, que o mangá Futari H deixará de ser publicado no Brasil. Ou melhor, já deixou. Não teremos novos volumes. O último foi publicado em fevereiro, o número 42.
Infelizmente era algo previsível. Futari H é destinado a um público adulto. Mais que erótico, é um mangá de cunho educativo que parece não ter conquistado seu espaço no Brasil.

Publicado desde 2009, o mangá meio-tanko já enfrentava resistência por parte do público que preferia o formato tankobon. Além disso, o mangá tem mais de 50 volumes no Japão e está em andamento. Traduzindo para o formato adotado pela editora no Brasil, seriam mais de 100 volumes, ou seja mais de 9 anos de publicação.

O custo x benefício também não era lá muita coisa. Com cerca de 100 páginas, Futari H custava R$7,90, enquanto outros títulos da casa saem por R$10,90 e vem com o dobro das páginas.

No vídeo publicado pela JBC, Cassius Medauar – gente de conteúdo – lamenta e diz que tudo ao alcance da editora foi feito. Parece que os japoneses não aliviaram, não estavam em sintonia com a situação da obra por aqui, o que fez Futari H ser descontinuado.

Com isso, a JBC perde seu grande trunfo: a confiança que passava por sempre levar todas suas obras até a conclusão. Por outro lado, adota uma política de transparência com seu consumidor e não demora séculos para dar as notícias ruins.

Adeus, Futari H.




Maid-sama Entra em Reta Final!

O website da revista LaLa divulgou que a obra Kaichou wa Maid-sama! (por aqui só Maid-sama!) estará entrando em seu derradeiro arco a partir da edição que sairá no final de abril.

A série shoujo de Hiro Fujiwara - lançada desde de dezembro de 2005 – possui 16 volumes no Japão até agora e já gerou um anime e um drama.

Enquanto isso no Brasil, é lançada bimestralmente pela Panini e já atingiu 11 volumes.

Como um arco final pode durar anos (lembram de Gantz?), é muito provável que a versão brasileira alcance a japonesa antes dela acabar e fique parada por um bom tempo.






Panini Publicará Versão Colorida de Highschool of The Dead [AT]


O primeiro relançamento (depois de Naruto Pocket :P) da Panini vem aí. Highschool of the Dead – mangá de Satou Daisuke que mistura apocalipse zumbi com ecchi – volta às bancas do país em maio em uma edição totalmente colorida.
Preço e periodicidade ainda não foram informados, mas devem ser em breve, já que estamos bem perto do mês da publicação. A versão regular do mangá – que também é publicada pela Panini – encostou no Japão ano passado e aguarda novos volumes.

Enquanto eles não vem, a editora relança a obra em uma versão totalmente em cores, que possui a mesma quantidade de volumes que o primeiro mangá, sete até agora.

Vindo em maio, HOTD será publicado no mesmo mês que Triage X, que é bimestral e sai agora em março (conforme checklist). Com isso, dois mangás ilustrados pelo mesmo desenhista – Shouji Satou – estarão nas bancas em maio.

[Atualização - 20h07]
O raciocínio acima estaria correto se Triage X ainda fosse bimestral. Segundo informações atualizadas, o mangá trabalha agora com periodicidade trimestral.
Créditos: JBox.com.br

E amanhã... CONTINUAM as notícias dos mangás!


Jéssica M.