No estúdio de Marcelo Maiolo


O terceiro entrevistado da série No Estúdio é o mestre das cores, Marcelo Maiolo, que nos conta como é seu processo criativo e seu espaço de trabalho!


Marcelo Maiolo

1 - Em quais projetos está trabalhando atualmente?
No momento estou trabalhando basicamente para a DC Comics nos títulos: Detective Comics, Batman Beyond e Liga da Justiça da América, além de estar no processo de roteiro da minha HQ.



2 - Quais são seus instrumentos de trabalho e técnicas mais utilizadas?
Meus instrumentos são um iMac 27 e uma Cintiq 22 da Wacom na parte física, na parte de softwares Photoshop CC2017. Dificilmente saio dessa configuração.



3 - Quem são seus autores de referência?
Cada época tem alguns artistas que me influenciam mais, talvez eu possa citar alguns que apesar do tempo eu ainda gosto muito. Dave Stewart, Enrico Marini, Juanjo Guarnido, Enrique Fernandes na área de HQ's. Nas belas artes Van Gogh, Alma Tadema, Caravaggio, Rubens e Joaquin Sorolla. Mas o que mais uso mesmo são fotografias, mas nenhum fotógrafo em específico, é mais Google e Pinterest.



4 - Tem algum “ritual” antes de iniciar a colorir? Qual a sua rotina de trabalho?
Tenho algumas manias chatas para escrever e desenhar, para colorir é mais tranquilo. Para escrever eu preciso de silêncio absoluto e fico andando de um lado para o outro quando estou criando e nunca escrevo nada enquanto a história não está pronta na minha cabeça. Para desenhar, gosto de ir pro Tumblr e dar uma navegada nos artistas que sigo buscando inspiração. Pra cores eu tento imaginar a emoção que quero passar, procuro músicas que me passem essa sensação e ai visualizo mentalmente quais cores expressam esses sentimentos pra mim, aí uso eles em minha paleta.
Tenho um mania, eu nunca assino um trabalho enquanto eu não considerar ele pronto. O que já fez alguns trabalhos meus serem publicados sem assinatura.
Quanto a rotina, chego no estúdio, checo emails e redes sociais e então começo a produzir. Na produção sempre leio o roteiro e já vou imaginando as cores que expressam as emoções que quero passar. Mando as páginas para os meus assistentes chamados de flatters que na arte em branco e preto, fazem as separações de elementos. Com essa arte de volta monto a paleta, faço os volumes e efeitos e mando para os desenhistas e finalista, se tiver tempo, antes de mandar pros editores. Com a aprovação de todos envio o arquivo em alta das maneiras mais diversas, FTP, sites de compartilhamento, etc.



5 - Quais são os autores que devemos ficar de olho?
De roteiro eu diria que Marcello Quintanilha, os gêmeos Marcelo e Magno Costa e Jeff Lemire. De coletivos de HQ, Dead Hamster e Bimbo Groovy. Desenhistas Rafael Albuquerque, Greg Tocchini, Mateus Santolouco e Simone D'armini. E para cores Marcio Menyz, Thiago Ribeiro e Jordi Belaire. Tentei focar mais nos BR, e pelo menos 1 de cada de fora.



6 - Tem algum objeto preferido no seu estúdio?
Sim, minha poltrona de leitura.



Confira todas as entrevistas da série "No Estúdio" clicando AQUI!


Entrevista conduzida por:
Luan Zuchi

Postagens mais visitadas