Alan Moore vs Before Watchmen.

Alan Moore volta a criticar Before Watchmen. O criador do universo Watchmen se mostra contrário à revisita aos personagens que criou.


 


Em entrevista para o site Seraphemera.org Moore reforçou sua aversão pela iniciativa da DC Comics.
Reproduzimos abaixo as palavras de Alan Moore nesta entrevista:

"Entendo os motivos de eles estarem fazendo Before Watchmen. Essa é, provavelmente, a única chance que terão em suas carreiras de estarem ligados a um projeto que as pessoas que não leem quadrinhos já tenham ouvido falar. Eu não o faria, pois ser conhecido como alguém que fez umas histórias ruins derivadas de Watchmen não seria bom. Mas cada um faz suas próprias escolhas", disse.
"Não leio mais quadrinhos e só ouvi falar de uns três deles. Certamente não tenho interesse em ver seus trabalhos", afirmou. "Se a DC pretende se sujar em público e acabar com a reputação de alguns escritores e desenhistas, não a impedirei."

Alan Moore falou também sobre sua relação com o desenhista Gibbons e a diferença de pensamento de ambos também em relação ao filme Watcmen.

"Tínhamos sentimentos diferentes quanto ao filme. A conversa foi perfeitamente amigável. Não exijo que as pessoas vejam as coisas da mesma maneira que eu. Gibbons se mostrou preocupado sobre haver algum problema entre nós dois por causa disso e eu respondi que não haveria e respeitava a posição dele. Mas também pedi que ele respeitasse a minha", afirmou.



"Dei a parte que era destinada a mim sobre os direitos pela adaptação aos cocriadores e pedi para Gibbons me avisar e agradecer quando ele recebesse esse dinheiro. Apenas isso, um agradecimento. Pedi isso porque Dave Lloyd nunca o fez sobre o filme V de Vingança. Apenas pegou o dinheiro e falou mal de mim em uma convenção, incluindo uma vez enquanto estava sentado na mesma mesa que minha filha. No dia do meu casamento, conversamos e pedi a ele que nunca mais falássemos sobre Watchmen novamente, pelo bem da nossa amizade, e assim foi. O filme foi lançado e ficou claro que Gibbons havia recebido o dinheiro àquela altura, mas esqueceu de ligar para mim e agradecer. Não me senti bem", relembrou.


Moore contou que Gibbons voltou a telefonar para ele algum tempo depois, mas não para agradecer. Ele queria conversar sobre Watchmen e a intenção da DC de devolver os direitos sobre a obra para os dois e assim permitir que produzissem novas histórias.
"Fiquei muito chateado e, bem nervoso, disse que não queria que nenhuma nova história fosse feita. Dave então ofereceu uma soma bem grande de dinheiro apenas para eu dar minha bênção caso essas histórias fossem feitas. Naquela altura, ele estava sendo um intermediário e revelou que a editora estava planejando lançar um novo projeto de Watchmen e nos oferecia por volta de 250 mil dólares apenas para supervisionar esse projeto. Fiquei nervoso e disse umas coisas que ainda mantenho. E esse foi o fim da minha amizade com Dave Gibbons. Só depois que mencionei esse fato em uma entrevista ele me ligou agradecendo, mas aí era tarde. Foi quando me desliguei emocionalmente de qualquer coisa referente a Watchmen".
Alan Moore continua recebendo pagamentos da editora pela obra, fruto das vendas contínuas que a graphic novel gera até hoje.



Mais informações em: Universo HQ




O Administrador

Postagens mais visitadas