Carnaval? Hoje é dia dos Mangás na Quadrinhosfera!


Editora Abril publicará Kingdom Hearts no Brasil

Em meados de 2008, a Abril cogitou a publicação do mangá Kingdom Hearts em terras tupiniquins, mas devido a alguns rolos que envolveria o lançamento oficial do jogo por aqui (a Square Enix supostamente só liberava os direitos em países onde o game saísse oficialmente), não foi possível tal lançamento.


Mas agora está tudo resolvido e finalmente a Abril irá publicar  a obra no Brasil.

Para aqueles que não sabem, Kingdom Hearts tem um total de quatro séries em mangás e a Abril obviamente começará da primeira, cuja previsão é chegar às bancas ainda no primeiro semestre.

E  de acordo com o diretor de licenças da Abril, Sérgio Figueiredo, não há risco de cancelamento da série.

O título tem tudo pra dar certo por aqui, uma  vez que mistura personagens da Disney (indiscutivelmente um grande trunfo de marketing) com os da Square Enix, atraindo tanto fãs da turma do Mickey, quanto de mangás e games.

É só a Abril caprichar na versão nacional que nada dará errado…



Autor faz Crossover com Dororo

Começará a ser publicado na revista Manga Goraku o mais novo título de Go Nagai, chamado Dororo to Enma-kun.


O one-shot será um crossover entre a obra Dororo de Osamu Tezuka e Dororon Enma-kun do próprio mangaká.

Go Nakai, embora desconhecido pela maioria avassaladora dos brasileiros, escreve e desenha desde 1964 e é pai de algumas obras bem aclamadas como a franquia Devilman e o próprio Enma-kun. Atualmente a lista de obras do autor ultrapassa os 150 títulos.

Mas, mais do que mangás, o autor é o pai do gênero super robot, tendo criado e co-criado dezenas de live actions e tokusatsus.

No Brasil, a série Dororo de Tezuka foi lançado em sua totalidade pela NewPop.

Infelizmente (porque as editoras acham que esse tipo de coisa nunca venderia…), não há nenhuma obra de Nagai publicada por aqui.



Nova Obra da Autora de Reborn!

Com a conclusão de Katekyo Hitman Reborn!, a autora Akira Amano começa a testar ideias para sua nova obra.

A one-shot “Warashibe Tantei Numashichirou” será publicada no final de fevereiro na Miracle Jump, revista essa da Shueisha que serve de suporte para a Shounen Jump.

Como a antologia tem um quê de fantasia e Sci-Fi, supõe-se que a série vá, tembém, percorrer o tema. Serão ao todo apenas 22 páginas com direito a ilustração de capa.

Este será o primeiro trabalho de Akira desde que terminou Reborn em novembro do ano passado.

No Brasil a série Reborn! foi recentemente anunciada pela Panini e deve começar a ser publicada em meados de fevereiro/março com o título Tutor Hitman Reborn! com o preço de R$11,90.



JBC Divulga Mais Informações de Another

Seguindo os lançamentos de Diário do Futuro e Burn Up, a JBC anunciou Another para o mês de fevereiro.
A obra de terror foi publicado na antologia Young Ace, mesma revista de MPD Psycho e Neon Genesis Evangelion, entre maio de 2010 e janeiro de 2012, rendendo um total de quatro volumes encadernados.


Na história acompanhamos Kouichi, Misaki, e toda uma turma que no passado resolveu ignorar o fato de que um companheiro de classe morreu, a ponto de fingirem que ele continuava entre eles. Isso gerou uma espécie de maldição para a turma 3-3, que agora terá que descobrir quem é o estudante extra antes que todos morram.

O mangá foi animado em uma série de 12 episódios exibida entre janeiro e março do ano passado no Japão, o que gerou um enorme fandom para Another (vide as piadinhas com guarda-chuvas que perfuram olhos).

Assim com os dois anteriores, Another terá capa com laminação fosca e 4×4 (impressão colorida também no verso da capa), cerca de 190 páginas + 4 coloridas, papel brite 52g, formato de 13,5 x 20,5 cm, ao valor de R$ 13,90 e com periodicidade mensal. São no total 4 volumes.

Quanto à versão brasileira, a capa é igualzinha à original, tirando o movimento e tradução dos nomes dos autores. Você pode conferi-la abaixo.



Lançado último volume de Otomen

Não é novidade que no Japão Otomen foi finalizado faz algum tempo, mas foi só neste mês que o volume final, o número 18, foi lançado.

A importância de notícia é de que a editora Panini geralmente só adiquire novos volumes após a finalização do mesmo em casos como este.

Inclusive segundo porta-vozes da editora a obra vende muito mal, por isso só valeria a pena voltar a lançar  e renegociar os próximos volumes quando acumulasse uma grande quantidade de edições.

Então se você coleciona a série, a hora de pressionar a editora é agora!

Por enquanto no Brasil a obra encontra-se parada desde fevereiro de 2011, quando foi lançado o volume 7.
Créditos: JBox.com.br



Jéssica M.

Postagens mais visitadas